domingo, 4 de dezembro de 2011

Holanda - Amsterdã


Amsterdã

A Holanda é considerada o país das surpresas, das tulipas, das bicicletas, dos moinhos de ventos, da tolerância e da beleza. Suas principais atrações concentram-se nas maravilhosas paisagens floridas, em seus inúmeros diques, sua arquitetura típica que mistura diferentes estilos e épocas e seu povo alegre e elegante, que contribui de maneira decisiva para o alto astral local.
A sede governamental da Holanda é Haia. O porto de Rotterdan é um belo atrativo turístico e sua capital, Amsterdã, é deslumbrante e inesquecível.
Amsterdã é considerada a Veneza do Norte da Europa por ter 160 canais cobertos por 1281 pontes. As fachadas dos prédios tipicamente holandeses do século XVII podem ser contempladas da margem destes canais que percorrem a cidade ou refletidas na água. Algumas dessas fachadas estão nitidamente tortas. A cidade também é cortada por ruazinhas estreitas, onde trafegam cerca de 500 mil bicicletas.


É um dia claro
(Gerrit Kouwenaar)

É um dia claro é um mundo escuro
entre a verde erva a carne é vermelha
homens deixam-se vergar por um naco de pão
é um dia escuro é um mundo claro
riem os homens e tudo é possível

percorri o caminho para colher uma maçã
mas no caminho havia uma cobra

a vida é boa mas a vida podia ser melhor
todas essas guerras entre tréguas eternas
todo esse morrer para viver ainda mais
a vida é boa mas a vida podia ser melhor
a carne é dura de roer mas mais tenra que os ossos

percorri o caminho para escapar à morte
mas no caminho havia um homem de ferro

enquanto a boca mastiga o ar rarefaz-se
enquanto o pão se digere a mão invalida-se
enquanto falamos na casa ela incendeia-se algures
é um dia escuro é um mundo escuro
os jornais noticiam como aconteceu e como não acontecerá

percorri o caminho para construir uma cidade
mas projectei torres em subterrâneos
no quadro o mestre-escola escrevia futuro amor e deus
salve a nossa pátria, e eu todo lábios e olhos
imitava-o na lousa
mas lá fora dançava a rapariga tangível
flutuando como se não houvesse leis da gravidade

percorri o caminho para encontrar o caminho
mas atrás do pudim havia um prato vazio

Bicicletas também são muito utilizadas à noite

Coragem
(Judith Herzberg)

A noite deixou-me outra vez transtornada
lentamente a manhã se enche
de palavras que eu sei de certeza
que significavam alguma coisa, mas o quê?
que ontem significavam alguma coisa.

Andar é balançar sobre os pés,
vejo na rua os seres de sangue quente
que tiveram também a inexplicável coragem
de se levantarem
em vez de ficarem deitados.

Nunca ninguém tem a certeza de nada,
de ser amado, de ser abandonado
tudo é possível e tudo é permitido
tudo sucede em alternância.

Agora me lembro o que queria dizer:
enquanto isso não trouxer infelicidade
é uma sensação agradável. Mas no fundo
somos doces como Turkish Delight
numa lata cheia de pregos.
 
Tamancos compõem o traje típico da Holanda

A cidade também abriga preciosidades como o hoje Museu Anne Frank, local onde a jovem judia Anne Frank e sua família se refugiaram durante a 2ª guerra mundial para escapar da perseguição nazista e onde ela escreveu seu famoso diário. O museu de Van Gogh com mais de 200 quadros do pintor, a casa de Rembrandt onde o mestre trabalhou e lecionou por 29 anos, o bairro mais libertário da cidade, o da Luz Vermelha, a Central Station, entre outros, são também atrações imperdíveis.
Acostumada desde a Idade Média ao trânsito de forasteiros por seus portos movimentados e prósperas cidades, a Holanda continua exercendo grande fascínio sobre os estrangeiros. Recebe mais de um milhão e meio de turistas por ano e milhares de imigrantes e refugiados em busca de viver uma vida melhor em um país rico e liberal.

18 comentários:

  1. Lindos tamanquinhos! Adoraria ganhar um!

    ResponderExcluir
  2. Lindos tamanquinhos para uma linda mulher. Você merece bem mais que isto.

    ResponderExcluir
  3. Buenas tardes.
    Hola Ceiça, como bien dices el mundo podría ser mejor, sin guerras, un remanso de Paz.
    Un remanso de Paz dejan tus escritos y tus Poemas.
    Muy bellas las fotografías.
    Besos, Montserrat

    ResponderExcluir
  4. infinitas gracias querida y admirada poetisa por anegar nuestra alma de belleza y paz con tus imágenes y sublimes versos, besinos miles de esta amiga admiradora.

    ResponderExcluir
  5. Olá, Ceiça!

    Nunca fui à Holanda, nem tenho uns desses tamancos bonitos - e gostava muito de ir.Estive perto, pertinho, mas deixei passar a oportunidade; pode ser que um dia calhe ... quem sabe...?
    Fico com as bonitas imagens e a descrição que aqui trouxeste; serve como consolação...!

    Beijinhos; bom resto de semana.
    Vitor

    ResponderExcluir
  6. Olá amiga Ceiça!

    Ainda não tive a tua sorte. A Holanda está na minha lista, mas ...
    Não sei quando nem se chegarei a cumprir muitos dos meus sonhos.

    Obrigada poetisa, por todo este maravilhoso post, especialmente pela visita tão bem guiada.

    Beijinhos

    ResponderExcluir


  7. Lo que si es cierto es que los campos estan cubiertos por un manto de color casi todo el año, y para quienes nos gusta tanto las flores y en este caso los tulipanes es una visión que llena de alegría el interior del alma.

    Los Tamacos que acompañan el traje regional son casi iguales a nuestras Madreñas que son emblematicas de nuestra tierra Asturias.

    Un beso con la caricia de una tarde de otoño.

    María del Carmen

    ResponderExcluir
  8. Cara Ceiça é um retrato fiel da cidade, que efetivamente exerce um poderoso fascínio em quem a visita. Partilho do seu entusiasmo e da sua homenagem. Quer a cidade, quer o país, valem bem uma visita! Um abraço e obrigada pelo reencontro proporcionado.

    ResponderExcluir
  9. Nesse tour que fiz ao ler teu post,vem à mente só coisa boas da Holanda.
    Não que lá seja um paraíso, porém dentro das nações consideradas desenvolvidas, a Holanda para mim só evoca boas coisas.
    Alguém que viveu por lá há muito tempo chamava-se Baruch Spinoza, um dos meus ícones prediletos.
    Um fraterno abraço e um beijo.

    ResponderExcluir
  10. Amiga mía, Holanda es una preciosidad
    Sí, Jesús está en todas partes, pero el cirujano no lo sabía ver, por eso el niño insistía , si allí encontraría a Jesús , ya que él ya no lo veía en ninguna parte. Es un post para reclamar la fe
    Gracias por su visita
    Con ternura
    Sor.Cecilia

    ResponderExcluir
  11. Bom dia, bom dia!

    Este post tem algo de mágico!
    A Holanda é para mim um país de referência, em especial Rotterdam. As informações sobre Amsterdam, os poemas e poetas, que não conhecia, tudo lindíssimo. As imagens também!

    Gostei tanto que vou ficar por aqui...

    Bj

    Olinda

    ResponderExcluir
  12. E a música!!!

    Fiquei a ouvir a ouvir...

    bj

    ResponderExcluir
  13. Querida Amiga
    Gosto do teu modo de postar! Contas tudo com muita beleza sobre a cidade que visitas e misturas fotos com poesia! Acho extraordinário este teu lado tão sensível de mostrar as coisas...
    Eu adoro!
    Mil beijos.
    Graça

    ResponderExcluir
  14. A Holanda é um país encantador, gostaria de lá voltar, pois quando visitei foi em trabalho e por isso vi apenas de passagem. Talvez um dia...
    Bom fim de semana.
    beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  15. Estupendas las fotos que nos has dejado, como siempre un placer haberme pasado de nuevo por tu casa.

    Saludos y feliz domingo.

    ResponderExcluir
  16. Ahhhh, deixa eu mergulhar nesse mar de beleza e poesia!
    Te adoro, Ceiça!
    Lindo 2012!!!

    ResponderExcluir
  17. hoje minha filha passou por lá foi p frança saudades minha filha.

    ResponderExcluir